Entre Leiras

Cláudia Ribeiro

No lugar de Passinhos de Cima, entre Douro e Tâmega, vivem cerca de trinta pessoas. No topo de uma encosta encontramos as irmãs Ana e Glória. É um lugar isolado, que o padeiro, o peixeiro, o merceeiro e os filhos de ambas visitam uma vez por semana. O resto vem da terra, que as duas irmãs trabalham de sol a sol, entre leiras. Guiados pelo olhar curioso da câmara, seguimos o ciclo agrícola ao longo do ano. À medida que a relação entre realizadora e protagonistas vai amadurecendo, desvenda-se o dia-a-dia e os pensamentos mais profundos destas mulheres sobre a vida no campo, a única que conhecem.

2020 | doc | 82' I HD | DCP
ESTREIA MUNDIAL: INDIELISBOA 2020

Poster
Com: Ana Madureira da Rocha e Maria Glória Madureira da Rocha

Realização, Imagem e Som: Cláudia Ribeiro
Montagem: Cláudia Ribeiro, João Miller Guerra, Raul Domingues
Montagem de Som: Rúben Santiago
Mistura de Som: Carlos Abreu
Colorista:
Andreia Bertini
Produtores:
Cláudia Ribeiro, Filipa Reis, João Miller Guerra
Produção e Distribuição: Uma Pedra No Sapato
Financiamento: ICA, RTP

Exibições

2020
IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema (Competição Nacional) | Lisboa, Portugal

Cães Que Ladram Aos Pássaros

Leonor Teles

As aulas terminaram e sente-se uma azáfama no ar. Os turistas enchem as ruas e os cafés do Porto. O velho e decadente é agora vendido como ponto alto da gentrificação. Vicente pedala pela cidade montado na sua Órbita azul e observa a transformação urbana a cada dia que passa. O Porto já não é o mesmo e ele também não. Entre família e amigos, Vicente vive com expectativa os primeiros dias de férias, que trazem a promessa de mudança e a incerteza de uma vida nova.

2019 | fic | 20' I 16mm I DCP
ESTREIA MUNDIAL: LA BIENNALE DI VENEZIA

Poster
Com: Vicente Gil, Salvador Gil, Maria Gil, Mariana Gil, António Gil

Argumento:
Família Gil, Leonor Teles, Francisco Mira Godinho
Realização, Direção de Fotografia e Montagem: Leonor Teles
Som: Rafael Gonçalves Cardoso, Pedro Anacleto
Produção: Francisco Mira Godinho, Joana Galhardas
Montagem de Som: Joana Niza Braga
Mistura de Som: Branko Neskov
Colorista: Andreia Bertini
Produtores: Leonor Teles, Filipa Reis, João Miller Guerra
Produção e Distribuição: Uma Pedra no Sapato
Promoção e Vendas Internacionais: Agência - Portuguese Short Film Agency
Financiamento: ICA, CM Porto, Fundação Calouste Gulbenkian

Prémios

Nomeado para Melhor Curta Metragem Europeia | 32nd European Film Awards (7 de Dezembro 2019, Berlim)
Tercero Premio del Jurado Internacional | Mecal Pro – Festival Internacional Cortometrajes y Animación

Exibições

2019
Venice Film Festival – La Biennale di Venezia (Orizzonti Short Films Competition) | Veneza, Itália
Festival Internacional de Cine Mar del Plata | Mar del Plata, Argentina
Sevilla European Film Festival (European Film Awards) | Sevilha, Espanha
Viennale – Vienna International Film Festival | Viena, Áustria
Bosphorus Film Festival (International Short Film Competition) | Istambul, Turquia
Seminci – Semana Internacional de Cine de Valladolid (Official Section) | Valladolid, Espanha
Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – Curta Cinema (Competição Internacional) | Rio de Janeiro, Brasil
Stockholm International Film Festival (Stockholm Short Competition) | Estocolmo, Suécia
Zagreb Film Festival (Short Films Competition) | Zagreb, Croácia
Antofacine Festival Internacional | Antofagasta, Chile
Festival International du Film d’Amiens | Amiens, França
International Short Film Festival Leuven (European Film Awards) | Leuven, Bélgica
Festival Internacional de Cortometrajes Verín (Selección Oficial) | Verín, Espanha
Triennale Milano | Milão, Itália
Porto/Post/Doc: Film & Media Festival (Filme de encerramento) | Porto, Portugal
Passaggi d’Autore – Festival Del Cortometraggio Mediterraneo (Focus: Portogallo) | Sant’Antioco, Itália
Dieciminuti Film Festival (European Film Awards) | Ceccano, Itália
The Shortest Day Belgrade (European Film Awards) | Belgrado, Sérvia

2020
Minimalen Short Film Festival | Trondheim, Noruega
Prague Short Film Festival | Praga, República Checa
Berlin Critic's Week | Berlim, Alemanha
Tampere Film Festival (European Film Awards) | Tampere, Finlândia
Mecal Pro – Festival Internacional Cortometrajes y Animación (#MecalProOnLine, Ficción - Competición Internacional) | Barcelona, Espanha

Prazer, Camaradas!

José Filipe Costa

1975 – pós revolução 25 de Abril. Eduarda, João e Mick viajam da Europa do Norte para trabalhar nas cooperativas das herdades ocupadas em Portugal. Como muitos outros vêm ajudar nas atividades rurais e pecuárias, dar consultas médicas, aulas de planeamento familiar, mostrar filmes de educação sexual e participar nos bailes tradicionais. Trazem muitas perguntas, mas os “camaradas do sul” tem mais interrogações do que respostas:

- Querem saber quem somos? Como tratamos as nossas mulheres e crianças? Como convivemos e amamos? Venham daí! Vamos estranhar-nos, vamos desentender-nos de certeza, que tudo faz parte desta revolução-festa!

2019 | DOC | 105' I HD I DCP
ESTREIA MUNDIAL: LOCARNO FILM FESTIVAL

Poster
Com: Amanda Booth, António Rodrigues, Cecília Rodrigues, Celia Williams, Eduarda Rosa, Filomena Matos, João Azevedo, Joaquim Lopes, José Avelino, José Valada, Lucinda Tomás, Manuela Sousa, Mick Greer, Norberto Sousa, Olga Alves, Patricia Butler, Renate Hempelmann, Teresa Frazão, Vasco Manuel, Vera Schmidberger

Realização e Argumento:
José Filipe Costa
Fotografia: Hugo Azevedo
Assistente de Realização: Luís Nunes
Som: Rúben Costa
Montagem: João Braz
Direcção de Arte: Carla Brazão
Direcção de Produção: Daniela Soares, Patrícia Faria, Sérgio Baptista
Produtores: Filipa Reis, João Miller Guerra
Produção e Distribuição: Uma Pedra No Sapato
Financiamento: ICA, RTP, Fundação Calouste Gulbenkian

Prémios

Melhor Argumento Original | Caminhos do Cinema Português
Nomeado para Melhor Direção de Fotografia em Documentário (Hugo Azevedo) | Prémios AIPCINEMA 2020 – Associação de Imagem Portuguesa (6 de Março de 2020 - adiado por força da Pandemia causada pelo Covid-19)

Exibições

2019
Locarno Film Festival (Fuori concorso) | Locarno, Suíça
BFI London Film Festival (Documentary Competition) | Londres, Reino Unido
Doclisboa Festival Internacional de Cinema (Competição Portuguesa) | Lisboa, Portugal
Caminhos do Cinema Português (Selecção Caminhos) | Coimbra, Portugal
Utopia – London Portuguese Film Festival | Londres, Reino Unido

2020
FIPADOC Biarritz (Histoires d’Europe) – Biarritz, França
House of Tolerance – Liubliana, Eslovénia
Crossing Europe International Film Festival (Panorama) – Linz, Áustria (o festival foi cancelado por causa do COVID-19)
HotDocs Canadian International Documentary Festival (The Changing Face of Europe) – Toronto, Canadá

Dia de Festa

Sofia Bost

Mena vive sozinha com a filha, Clara, que faz hoje 7 anos. Enquanto lhe prepara uma festa de aniversário, tarefa que executa com dificuldades financeiras e a contragosto, Mena recebe um telefonema da mãe que a deixa perturbada.

2019 | fic | 17' I 16mm I DCP
ESTREIA MUNDIAL: SEMAINE DE LA CRITIQUE DU FESTIVAL DE CANNES

Poster
Com: Rita Martins, Melissa Matos, Teresa Madruga, Sandra Celas, Mariana Silva, Sara Gonçalves, Fernanda Neves

Argumento: Tiago Bastos Capitão
Realização e Montagem: Sofia Bost
Direcção de Fotografia: Tian Tsering
Som: Rafael Cardoso
Montagem e Mistura de Som: Carlos Abreu
Colorista: Andreia Bertini
Direcção de Produção: Daniela Soares
Produtores: Filipa Reis, João Miller Guerra
Produção e Distribuição: Uma Pedra no Sapato
Promoção e Vendas Internacionais: Agência - Portuguese Short Film Agency
Financiamento: ICA, Fundação GDA, CM Setúbal, Fundação Calouste Gulbenkian

Prémios

Melhor Atriz Secundária para Teresa Madruga (repartido com performance no filme Variações, de João Maia) | Caminhos do Cinema Português
Prix du jury professionnel | Rencontres de Films Femmes Méditerranée

Exibições

2019
Semaine de la Critique du Festival de Cannes Compétition Court métrage) | Cannes, França
Cinémathèque de Corse (Semaine de la Critique rerun) | Porto-Vecchio, França
Cinémathèque Française (Semaine de la Critique rerun) | Paris, França
Curtas Vila do Conde (Competição Nacional) | Vila do Conde, Portugal
Metropolis Cinema (Semaine de la Critique rerun) | Beirut, Líbano
New York Film Festival (Shorts) | Nova Iorque, EUA
Czech Cinematheque (Semaine de la Critique rerun) | Praga, República Checa
Yokohama Campus, Tokyo University of the Arts (Semaine de la Critique rerun) | Tóquio, Japão
Hongseung International Film Festival | Hongseung, Coreia do Sul
Pia Film Festival (Semaine de la Critique rerun) | Tóquio, Japão
Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro | Curta Cinema (Competição Internacional) | Rio de Janeiro, Brasil
Leeds International Film Festival | Leeds, Reino Unido
Rencontres de Films Femmes Méditerranée | Marselha, França
Les Rencontres Cinessonne | Ris Orangis, França
Parsons School of Design (Semaine de la Critique rerun) | Nova Iorque, EUA
MedFilm Mediterranean and European Film Festival | Roma, Itália
Caminhos do Cinema Português (Selecção Caminhos) | Coimbra, Portugal

2020
Rencontres Cinémas Martinique (Semaine de la Critique rerun) | Fort-de-France, Martinica
Akbank Short Film Festival | Istambul, Turquia
Mecal Pro – Festival Internacional Cortometrajes y Animación - #MecalProOnLine, Ficción - Competición Internacional | Barcelona, Espanha

Terra Franca

Leonor Teles

À beira do Tejo, numa antiga comunidade piscatória, um homem vive entre a tranquilidade solitária do rio e as relações que o ligam à terra. TERRA FRANCA retrata a vida deste pescador, atravessando as quatro estações que renovam os ciclos da natureza e acompanham as contingências da vida de Albertino Lobo.

2018 | DOC | 82' I HD I DCP
ESTREIA MUNDIAL: CINÉMA DU RÉEL

Poster
Realização: Leonor Teles
Direcção de fotografia: Leonor Teles
Montagem: Luísa Homem, João Braz
Som: Rafael Gonçalves Cardoso, Bernardo Theriaga
Montagem de som: Joana Niza Braga
Mistura de som: Branko Neskov
Colorista: Andreia Bertini
Produtores: Filipa Reis, João Miller Guerra
Produção e Distribuição: Uma Pedra no Sapato
Financiamento: ICA | RTP

Prémios

Prix international de la Scam | Cinéma du Réel festival international du film documentaire
Prémio Escolas – Prémio ETIC para Melhor Filme da Competição Portuguesa | Doclisboa Festival Internacional de Cinema
Prémio de la Crítica Jovén – Mejor Opera Prima International | Mar del Plata International Film Festival
Prémio Melhor Longa-metragem de Ficção | Caminhos do Cinema Português
Prémio D. Quijote do Júri FIC | Caminhos do Cinema Português
Nomeado para Melhor Documentário em Longa-Metragem | Prémios Sophia 2020 – Academia Portuguesa de Cinema (a cerimónia de entrega de prémios foi adiada por causa do Covid-19)
Mention spéciale | FIDADOC – Festival International de Documentaire d’Agadir
Mention spéciale | Les Rencontres Cinématographiques de Cerbère-Portbou
Mention spéciale | Escales Documentaires – Festival International du Documentaire de Création
Prix de la ville d’Amiens | Festival International du Film d’Amiens
Biznaga de Plata al Mejor Documental | Festival de Málaga
Prix du Jury | Festival sous les toiles

Exibições

2018
Cinéma du Réel festival international du film documentaire (Sélection internationale) | Paris, França
Play Doc Festival Internacional de Cine Documental (Competición) | Tui, Espanha L’ACID – Cannes International Film Festival (ACID Trip #2 Portugal) | Cannes, França
IsReal International Film Festival (International Competition) | Nuoro, Itália
Extension l’ACID Cannes International Film Festival (Visions Sociales) | La Napoule, França
Sheffield Doc/Fest: Sheffield International Documentary Festival (Doc/Love) | Sheffield, Reino Unido
Zones Portuaires rencontres internationales cinéma et villes portuaires #3 | Saint Nazaire, França
FIDADOC – Festival International de Documentaire d’Agadir | Agadir, Marrocos
Macau International Documentary Film Festival (Secção Portuguesa) | Macau, China
Black Canvas Festival de Cine Contemporáneo (Day Lights - Neon Nights) | Ciudad de México, México
Zurich Film Festival (International Documentary Film Competition) | Zurique, Suíça
Les Rencontres Cinématographiques de Cerbère-Portbou | Cerbére, França
Festival Regards sur le Travail (Film de clôture) | Bruxelas, Bélgica
Doclisboa Festival Internacional de Cinema (Competição Portuguesa) | Lisboa, Portugal
Museo Nazionale del Cinema di Torino (Lusitânia - cinema português contemporâneo) | Torino, Itália
Mar del Plata International Film Festival (Competencia Internacional) | Mar del Plata, Argentina
Festival dei Popoli – Festival Internazionale del Film Documentario | Florença, Itália
Festival International du Film d’Amiens(Compétition) | Amiens, França
Escales Documentaires – Festival International du Documentaire de Création (Compétition Internationale) | La Rochelle, França
Caminhos do Cinema Português (Selecção Caminhos) | Coimbra, Portugal
Porto/Post/Doc: Film & Media Festival (Cinema Falado) | Porto, Portugal
6ª Semana de Cine Portugués | Buenos Aires, Argentina

2019
DocPoint – Helsinki Documentary Film Festival | Helsínquia, Finlândia
GRABA Festival Audiovisual | Mendoza, Argentina
Festival de Málaga (Sección Oficial de Documentales) | Málaga, Espanha
SACO, Semana del Audiovisual Contemporáneo de Oviedo | Oviedo, Espanha
Crossing Europe International Film Festival | Linz, Áustria
Jeonju International Film Festival | Jeonju, Coreia do Sul
EPA CINE – Festival Internacional de Cine Independiente de El Palomar | Buenos Aires, Argentina
Beldocs International Documentary Film Festival (Regional Premiere Focus on Portugal) | Belgrado, Sérvia
International Film Festival Kino Otok – Isola Cinema | Izola, Eslovénia
Cineteca (Matadero) | Madrid, Espanha
Festival sous les toiles (Compétition) | Najac, França

2020
IberoDocs – Ibero-American Documentary Film Festival Scotland | Glasgow, Escócia

Djon África

Filipa Reis e João Miller Guerra

Miguel Moreira, também conhecido como Tibars, também conhecido como John África, acaba de descobrir que a genética é madrasta e que a sua fisionomia - bem como alguns traços fortes da sua personalidade - o denunciam, ao primeiro olhar, como filho do seu pai, alguém que nunca conheceu.
Essa descoberta intrigante leva-o a tentar saber quem é esse homem. Dele sabe apenas aquilo que lhe conta a sua avó, com quem vive desde sempre. Quando Miguel era criança, chegou um dia alguém - alegando ser um amigo próximo do seu pai - que o levou ao estabelecimento prisional onde ele se encontrava, para que o pudesse ver pela primeira vez. À chegada, descobrem que o pai tinha sido internado devido a uma doença súbita e deportado para o seu país de origem - Cabo Verde. A curiosidade galopante faz com que, anos mais tarde, Tibars decida ir à sua procura. Este filme é construído a partir dessa busca. Seguindo o percurso de John Tibars ao encontro do seu pai iremos também ao encontro desse território do sonho que assombra as memórias, os desejos ou as mitologias de uma boa parte daqueles que mantêm as suas raízes culturais e a génese da sua identidade no continente africano. Tibars vive duas identidades em conflito e ao mesmo tempo em harmonia. O que é viver num gueto em Portugal e ser africano sem o ser? Esta ambivalência encontra a projecção de toda uma vida nesta aventura. África surge aqui com toda a carga que tem na imaginação, na projecção não só do lugar, como da sua essência, da sua pertença.

2018 | fic | 95' I HD I DCP
ESTREIA MUNDIAL: INTERNATIONAL FILM FESTIVAL ROTTERDAM

Poster
Com: Miguel Moreira
Realização: Filipa Reis e João Miller Guerra
Argumento: Pedro Pinho e João Miller Guerra
Imagem: Vasco Viana
Som: Ruben Santiago
Montagem de Imagem: Eduardo Serrano, Ricardo Pretti, Luísa Homem
Correcção de Cor: Jennifer Mendes
Montagem de Som: Elsa Ferreira
Mistura de Som: Branko Neskov
Produtor: Pedro Pinho
Co-Produtores: Rachel Ellis, Samira Pereira, Filipa Reis
Produção: Terratreme Filmes
Co-Produção: Desvia, 0II, Uma Pedra no Sapato
Financiamento: ICA, ANCINE, Fundação Calouste Gulbenkian

Estreia no Brasil: Outubro 2018
Estreia em Portugal: Novembro 2018
Estreia na Noruega: Maio de 2019
Estreia no Reino Unido: Agosto 2019
Estreia na Alemanha: Outubro de 2019

Prémios

Melhor música original | Prémios Sophia 2019 – Academia Portuguesa de Cinema
Premio FIPRESCI (Fédération Internationale de la Presse Cinématographique) | Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay
Mención Especial del Jurado de la Competencia de largometrajes internacionales | Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay

Exibições

2018
International Film Festival Rotterdam (Hivos Tiger Competition) | Roterdão, Holanda
New Directors/New Films – Lincoln Center Film Society, The Museum of Modern Art | Nova Iorque, EUA
Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay (Competencia de largometrajes internacionales) | Montevideo, Uruguai
BAFICI – Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente (Entities and Characters) | Buenos Aires, Argentina
San Francisco International Film Festival (New Directors Narrative Feature Competition) | San Francisco, EUA
Curaçao International Film Festival Rotterdam | Willemstad, Holanda
Frames of Representation, New Visions for Documentary Film no Institute of Comtemporary Arts (Islanders) | Londres, Reino Unido
Oslo Pix (Discovery Pix Perler) | Oslo, Noruega
International Film Festival Kino Otok – Isola Cinema (Art Kino Odeon) | Izola, Eslovénia
Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba (Filme de Abertura) | Curitiba, Brasil
Filmfest München (International Independents) | Munique, Alemanha
Transatlantyk Festival (New Cinema) | Łódź, Polónia
Maine International Film Festival (Feature Competition) | Waterville, EUA
Roffa Mon Amour Film Festival (New Directors) | Roterdão, Holanda
Cinemateca Paixão | Macau, China
New Zealand International Film Festival (World) | Auckland, Nova Zelândia
Jerusalem Film Festival Panorama | Jerusalém, Israel
Durban International Film Festival (Documentary Competition) | Durban, África do Sul
Melbourne International Film Festival (International Competition) | Melbourne, Austrália
Anonimul International Independent Film Festival (Feature Competition) | Bucareste, Roménia
Kugoma – Fórum de Cinema de Curta Metragem (Filme de Abertura) | Maputo, Moçambique
AFI Latin American Film Festival | Washington DC, EUA
Afrika Film Festival Cologne (New Films) | Colónia, Alemanha
Calgary International Film Festival | Alberta, Canadá
CPH PIX (New World Views) | Copenhaga, Dinamarca
Vancouver International Film Festival (Panorama: Contemporary World Cinema) | Vancouver, Canadá
Seminci – Semana Internacional de Cine de Valladolid | Valladolid, Espanha
Africa in Motion Film Festival | Edimburgo, Escócia
Augen Blicke Afrika | Hamburgo, Alemanha
Cineuropa | Santiago de Compostela, Espanha
Filmar en América Latina | Genebra, Suíça
Kino Xenix Filmclub | Zurique, Suíça
this human world – International Human Rights Film Festival | Viena, Áustria
Plateau – Festival Internacional de Cinema (Filme de Abertura) | Praia, Cabo Verde
CINE ATLÂNTICO – Mostra de Cinema Português do Século XXI | Terceira (Açores), Portugal

2019
Göteborg Film Festival (Five Continents) | Göteborg, Suécia
Cineclube & Filmoteca de Montemor-o-Novo | Montemor-o-Novo, Portugal
Portland International Film Festival | Portland, EUA
AFFNZ – African Film Festival New Zealand | Auckland, Nova Zelândia
Festival de Cine Africano – FCAT | Tarifa, Espanha
Cinemateket Bergen (New Portuguese Films) | Bergen, Noruega
Mostra de Cinema Documental – MAIO DOC | Mindelo, Cabo Verde
Gimli Film Festival | Gimli, Canadá
Cinematik International Film Festival | Piešťany, Eslováquia
Mostra de Cinema Português | Vila Franca de Xira, Portugal
Amigos de Cabo Verde | Estocolmo, Suécia
Fórum Cultural José Manuel Figueiredo | Setúbal, Portugal

A vida aqui, está vista?

Filipe Carvalho

A pirite esgotou-se no antigo complexo mineiro de São Domingos. Mas neste semi-abandonado território, que é património nacional, a vida persiste. Qual a importância do futuro no presente desta vila? Observando o desenrolar da vida na Mina São Domingos, o filme propõe um caminho utópico em direcção ao futuro daquele território e sua comunidade.

2018 | doc | 32' I HD
ESTREIA MUNDIAL: VISIONS DU RÉEL

Poster
Participantes: As Espigas do Alentejo, David Fidalgo, GMURDA, Gonçalo Costa, Grupo Coral da Mina de São Domingos, Leandro Matias, Mónica Palma, Rafael Martins, Tiago Costa

Realização: Filipe Carvalho
Imagem: Filipe Carvalho, Inês Alves, Laura Lomanto, Laura Marques, Raul Domingues, Vera Moreira
Som: Filipe Carvalho, Jaime Quental
Edição: Filipe Carvalho, João Miller Guerra
Pós-produção Áudio: Rúben Costa, Carlos Abreu, João Zina, Márton Kristóf
Correção de Cor: André Costa
Produção: Inês Achando, Isa Reis
Produtores: Filipa Reis, João Miller Guerra, Filipe Carvalho
Produção: Uma Pedra no Sapato
Financiamento: Governo de Portugal - Secretário de Estado da Cultura, C. M. de Mértola, ADPM Mértola, J. F. de Santana de Cambas

Prémios

Mejor Cortometraje de la Competencia Internacional | Black Canvas Festival de Cine Contemporáneo

Exibições

2018
Visions du Réel – Festival International de Cinéma
Nyon (Compétition Internationale Moyens et Courts Métrages) | Nyon, Suíça
IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema (Novíssimos) | Lisboa, Portugal
Black Canvas Festival de Cine Contemporáneo (Competencia Internacional de Cortometrajes) | Cidade do México, México
Sound & Image Challenge International Festival (Cinema Expandido) | Macau, China

O Caso J.

José Filipe Costa

Quem era J., um jovem morto pela policia do Rio de Janeiro? Durante o julgamento deste caso, o advogado de defesa dos policias que mataram J. quer saber onde trabalhava, com quem se relacionava e como passava o tempo. Junto ao corpo de J. foi encontrada uma mochila com material suspeito. Um tribunal é um teatro e a morte pode ser uma montagem.

2016 | fic | 20' I HD
ESTREIA MUNDIAL: INDIELISBOA

Poster
Com: Graziella Moretto, Eduardo Gaspar, António Terra, Lília Trajano, Augusto Madeira, Marcelo Gonçalves, Marcello Mello, Lucas Sadalla

Argumento e Realização: José Filipe Costa
Pesquisa: Natasha Neri
Fotografia: Vasco Viana
Som: Rúben Costa
Montagem: Francisco Moreira
Direção de Arte e Guarda-Roupa: Nádia Henriques
Mistura de Som: Branko Neskov
Correção de Cor: Jennifer Mendes
Assistência de Realização: Nuno Milagre
Direção de Produção: Daniela Soares
Co-Produtores: Daniela Santos, Eduardo Ades, João Felipe Freitas
Co-Produção: ImagemTempo
Produtores: Filipa Reis, João Miller Guerra
Produção e Distribuição: Uma Pedra no Sapato
Promoção e Vendas Internacionais: Portugal Film – Portuguese Film Agency
Financiamento: ICA

Prémios

Melhor Curta-Metragem de Ficção | VER CINE – Festival de Cinema da Baixada Fluminense
Menção Honrosa | Shortcutz Ovar

Exibições

2017
IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema (Competição Nacional de Curtas-Metragens) | Lisboa, Portugal
Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum | São Paulo, Brasil
Festival de Cinema de Vitória (Mostra Cinema e Negritude) | Vitória, Brasil
Topografias imaginárias: Lisboa, cidade do Sul | Lisboa, Portugal
Delhi Shorts International Film Festival | Deli, Índia
The Latino and Iberian Film Festival at Yale (Portuguese short films) | Yale, EUA

2018
Shortcutz Ovar | Ovar, Portugal
6ª Semana da Comunicação Social da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal | Setúbal, Portugal
Desobedoc – Mostra de Cinema Insubmisso | Vila Real, Viseu, Braga, Coimbra e Évora, Portugal
VER CINE – Festival de Cinema da Baixada Fluminense (Mostra Panorama Nacional) | Rio de Janeiro, Brasil
CineAvante! na Festa do Avante! | Amora, Portugal
Côte Ouest – Festival Européen du Film Court de Brest (IndieLisboa: 15 ans de Cinéma Libre) | Brest, França

2019
King’s College London - The Creative Process in Portuguese Film: Materialities conference | Londres, Reino Unido
XII Jornadas de Cinema em Português – Universidade da Beira Interior | Covilhã, Portugal

Balada de um Batráquio

Leonor Teles

"Simultaneamente estranhos e familiares, distantes e próximos, inquietantes e sedutores, marginais e cosmopolitas, os ciganos apresentam-se envoltos numa aura de ambiguidade. Não se pode dizer que sejam invisíveis, pois dificilmente passam despercebidos."

Daniel Seabra Lopes, em Deriva Cigana, 2008

Tal como os ciganos, os sapos de loiça não passam despercebidos a um olhar mais atento. Balada de um Batráquio surge assim num contexto ambíguo. Um filme que intervém no espaço real do quotidiano português como forma de fabular sobre um comportamento xenófobo.

2016 | doc | 11' I super 8 I DCP
ESTREIA MUNDIAL: BERLINALE

Poster
Realização: Leonor Teles
Fotografia e Montagem: Leonor Teles
Som: Bernardo Theriaga
Montagem de Som: Joana Niza Braga
Mistura de Som: Branko Neskov
Colorista: Andreia Bertini
Produtores: Filipa Reis, João Miller Guerra
Produção: Uma Pedra no Sapato
Promoção e Vendas: Portugal Film – Portuguese Film Agency Financiamento: ICA, Fundação Calouste Gulbenkian

Prémios

Golden Bear | Berlinale – Berlin International Film Festival
Firebird Award | Hong Kong International Film Festival
Menção Honrosa do Júri da Amnistia Internacional | IndieLisboa –Festival Internacional de Cinema
Prémio Revelação | Caminhos do Cinema Português
Melhor Documentário em Curta-Metragem | Prémios Sophia 2017 – Academia Portuguesa de Cinema
Melhor Curta-Metragem Internacional | Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte
Melhor Curta-Metragem | Curt'Arruda – Festival de Cinema de Arruda dos Vinhos
Cervantes Award for Most Innovative Short-Film | MedFilm Mediterranean And European Film Festival
“Norman Award” International Competition Great Award | Stuttgarter Filmwinter – Festival for Expanded Media

Exibições

2016
Berlinale – Berlin International Film Festival (Berlinale Shorts) | Berlim, Alemanha
Hong Kong International Film Festival (Short Film Competition) | Hong Kong, China
Bucharest International Experimental Film Festival BIEFF (International Competition) | Bucareste, Roménia
Vilnius International Film Festival (Short Competition) | Vilnius, Lituânia
IndieLisboa - Festival Internacional de Cinema (Curtas-Metragens) | Lisboa, Portugal
International Short Film Festival Oberhausen (Winners of Other Festivals) | Oberhausen, Alemanha
Edinburgh International Film Festival (Fragments of the City) | Edimburgo, Escócia
Mediterranean Film Festival of Split (Official Competition) | Split, Croácia
Breakthroughs Film Festival | Toronto, Canadá
Mostra de Cinema Português em Macau | Macau, China
Palm Springs International ShortFest (Radicals & Reactionaries) | Palm Springs, EUA
Lima Independiente Festival Internacional de Cine (Iberoamérica Ahora) | Lima, Peru
Semana do Onze (Extensão do IndieLisboa) | Vila Franca de Xira, Portugal
FICA – Festival Internacional de Cinema Arte | Mação, Portugal
Melbourne International Film Festival (Package Shorts) | Melbourne, Austrália
Kinemastik International Short Film Festival | Valletta, Malta
T-Mobile New Horizons International Film Festival (European Shorts Competition) | Wroclaw, Polónia
Guanajuato International Film Festival (Selección Oficial Documental) | Guanajuato, México
Berlinale Summer Festival | Friedrichshain, Alemanha
Curtas Vila do Conde (Panorama Nacional) | Vila do Conde, Portugal
Arroios Film Festival (Filmes em Competição) | Lisboa, Portugal
SANTACURTAS | Santa Cruz (Madeira), Portugal
Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum (Critic’s Week) | São Paulo, Brasil
Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte (International Competition) | Belo Horizonte, Brasil
MakeDox – Creative Documentary Film Festival (Short DOX) | Skopje, Macedónia
Periferias Festival Internacional de Cinema de Marvão (Dia da Amnistia Internacional) | Marvão, Portugal
Tenerife Shorts (International Competition) | Tenerife, Espanha
Duhok International Film Festival (Short Films Competition) | Duhok, Curdistão
PerSo – Perugia Social Film Festival | Perugia, Itália
vistacurta (Novíssimos) | Viseu, Portugal
Festival Internacional de Cine de Morelia (Berlinale Spotlight) | Morelia, México
Janela Internacional de Cinema do Recife (Mostra Competitiva Internacional) | Recife, Brasil
Hamptons International Film Festival (Documentary Short Films Competition) | Hamptons, EUA
IndieCork Independent Film & Music Festival (World Shorts) | Cork, Irlanda
2morrow Film Festival | Moscovo, Rússia
STUFF MX Film Festival | Cidade do México, México
Hanoi International Film Festival (Berlinale Spotlight) | Hanoi, Vietname
Molodist Kyiv International Film Festival (Short Films Competition) | Kiev, Ucrânia
Kaohsiung International Short Film Festival (Portugal Shorts from Portugal Film Agency) | Kaohsiung, Taiwan
MICAR - Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista | Porto, Portugal
Curt'Arruda – Festival de Cinema de Arruda dos Vinhos (Competição Oficial) | Arruda dos Vinhos, Portugal
Internationale Kurzfilmtage Winterthur (International Competition) | Winterthur, Suíça
L’Alternativa Festival de Cine Independiente de Barcelona (Cortometrajes Internacionales) | Barcelona, Espanha
MedFilm Mediterranean And European Film Festival (Concorso Internazionale Cortometraggi) | Roma, Itália
Festival Les Écrans Documentaires (Sélection Premiers Films) | Arcueil, França
Kassel Documentary Film and Video Festival (Short Film Compilation) | Kassel, Alemanha
Pravo Ljudski Film Festival | Sarajevo, Bósnia e Herzegovina
The Portuguese Conspiracy (IndieLisboa Film Festival London Sessions) | Londres, Reino Unido
Panorama Internacional Coisa de Cinema (Competição Internacional de Curtas-Metragens) | Salvador da Bahia, Brasil
Kalpanirjhar International Short fiction film festival (Berlinale Spotlight) | Calcutá, Índia
KLEX Kuala Lumpur Experimental Film, Video & Music Festival (Berlinale Spotlight) | Kuala Lumpur, Malásia
Sound & Image Challenge International Festival | Macau, China
Caminhos do Cinema Português (Selecção Caminhos) | Coimbra, Portugal
Porto/Post/Doc: Film & Media Festival (School Trip Mini) | Porto, Portugal
MOSTRA-ME – Mostra de Documentários sobre Direitos Humanos | Sintra, Portugal
Desobedoc – Mostra De Cinema Insubmisso | Porto, Portugal
TENT Little Cinema International Festival (Berlinale Spotlight) | Calcutá, Índia

2017
Vilnius International Short Film Festival (International Competition) | Vilnius, Lituânia
Festival Internacional de Cine de Lebu | Lebu, Chile
Frames – Portuguese Film Festival (Social Tales) | Göteborg, Suécia
Córtex – Festival de Curtas-Metragens de Sintra (Competição Nacional) | Sintra, Portugal
Akbank Short Film Festival (Shorts of the World) | Beyoğlu-İstanbul, Turquia
Festival du Cinéma européen de Lille | Lille, França
Glasgow Short Film Festival (International Competition: Tribal Instincts) | Glasgow, Escócia
Kochi-Muziris Biennale (Berlinale Spotlight) | Kochi, Índia
Cinemateca Portuguesa (Cinema Português: Novos Olhares – I) | Lisboa, Portugal
Ethnografilm Paris | Paris, França
Busan International Short Film Festival (World Shorts) | Busan, Coreia do Sul
Go Short – International Short Film Festival Nijmegen (European Competition) | Nijmegen, Holanda
FEST – New Directors/New Films Festival (Competição Nacional e Nexxt) | Espinho, Portugal
A Gulbenkian e o Cinema Português – Territórios de Passagem | Lisboa, Portugal
Ti Milha | Pombal, Portugal
Macao International Documentary Film Festival – MOIDF | Macau, China
dotdotdot – Open Air Kurzfilmfestival (Focus: Millionaires in Time) | Viena, Áustria
Des courts l’aprés-midi | Marselha, França
Marele Picnic ShortsUP | Bucareste, Roménia
Cinema no Pátio – novo cinema português / gnration | Braga, Portugal
FIKE – Festival Internacional de Curtas Metragens de Évora (Carta Branca à Portugal Film) | Évora, Portugal
Ciclo de Cinema Contemporâneo Português no Cineteatro Curvo Semedo | Montemor-o-Novo, Portugal
Shortcutz Ovar | Ovar, Portugal
Roma Creative Contest (Focus on Portugal) | Roma, Itália
Vancouver International Film Festival (Modes 2) | Vancouver, Canadá
Ibértigo: Muestra de cine iberoamericano de Las Palmas de Gran Canaria | Ilhas das Canárias, Espanha
Best of International Short Films Festival | La Ciotat, França
Mostra Internacional de Cinema FRONTEiRAS | Vila Real de Sto. António, Portugal
Frontdoc International Documentary Festival | Aosta, Itália
Ljubljana International Film Festival (Europe in Short) | Ljubljana, Eslovénia
Go Short – International Short Film Festival Nijmegen (Rerun at Cinema La Notte) | Roterdão, Holanda
Alternative Film/Video | New Belgrade, Sérvia
Han Shan Art Museum (Meditation Screening Field) | Suzhou, China

2018
Stuttgarter Filmwinter – Festival for Expanded Media (International Competition) | Estugarda, Alemanha
Cosmic Rays Film Festival (Wherever You Go, There You Are) | Chapel Hill, EUA
La Fête du court métrage à Marseille | Marselha, França
Semana del Cortometraje de la Comunidad de Madrid (Berlinale) | Madrid, Espanha
Filmes na Cave (DARC Desterrense Associação Recreativa e Cultural) | Lisboa, Portugal
Seminci – Semana Internacional de Cine de Valladolid (Portugal: País Invitado) | Valladolid, Espanha
Riga International Film Festival (Festival Darlings) | Riga, Letónia
L’Alternativa Festival de Cine Independiente de Barcelona (Hall Focus) | Barcelona, Espanha
Côte Ouest – Festival Européen du Film Court de Brest (IndieLisboa: 15 ans de Cinéma Libre) | Brest, França
Mostra de Cinema Português na Feira Internacional do Livro de Guadalajara | Guadalajara, México
Cine Atlântico Cinema Português do Século XXI | Terceira (Açores), Portugal
NexT International Film Festival | Bucareste, Roménia

2019
Instituto de Ciências Sociais (Portuguese Women Directors) | Lisboa, Portugal
SACO, Semana del Audiovisual Contemporáneo de Oviedo | Oviedo, Espanha
MicroCinema: Short Films from Portugal – Memphis, EUA
Planalto – Festival das Artes | Moimenta da Beira, Portugal
Concorto Film Festival (Focus on Portugal) | Pontenure, Itália
FeKK Ljubljana Short Film Festival (FeKKstival: IndieLisboa) | Liubliana, Eslovénia
Semana das Culturas Estrangeiras – Instituto Camões (Histórias de Vida – Cinco Realizadoras Portugueses) | Paris, França
Mostra de Cinema Português | Vila Franca de Xira, Portugal
Filmes no Terraço (AFTM - Associação do Filme, Televisão e Multimédia da Madeira) | Funchal (Madeira), Portugal

2020
International Short Film Festival Oberhausen (Winners of Other Festivals) | Online

Fora da Vida

Filipa Reis e João Miller Guerra

É um retrato possível de Portugal em 2015.
Uma época em que para uns já não há  trabalho e para outros já não há tempo livre.

2015 | doc | 35' I HD
ESTREIA INTERNACIONAL: DOK LEIPZIG

Poster
Com: Isabel Cardoso, Miguel Moreira e Mário Monteiro, Monique Montenegro, Salvador e Ana Lisboa

Realização: Filipa Reis e João Miller Guerra
Argumento: Filipa Reis e João Miller Guerra
Fotografia: Vasco Viana
Som: Rúben Costa
Produção: Emídio Barbosa
Co-Produtora:
Patrícia Faria
Co-Produção: Best XXI
Produtora: Filipa Reis
Produção: Vende-se Filmes
Financiamento: Fundação Francisco Manuel dos Santos

Prémios

Prémio Melhor Curta-Metragem Portuguesa | IndieLisboa –Festival Internacional de Cinema
Melhor Documentário em Curta-Metragem | Prémios Sophia 2016 – Academia Portuguesa de Cinema

Exibições

2015
IndieLisboa –Festival Internacional de Cinema (Competição Nacional e Internacional de Curtas-Metragens) | Lisboa, Portugal
DOK Leipzig –International Leipzig Festival for Documentary and Animated Film (International Competition) | Leipzig, Alemanha
Message to Man International Film Festival (International Competition) | St. Petersburg, Rússia
Janela Internacional de Cinema do Recife (Mostra Competitiva Internacional) | Recife, Brasil
Plateau – Festival Internacional de Cinema | Praia, Cabo Verde
Caminhos do Cinema Português (Selecção Caminhos) | Coimbra, Portugal

2016
Córtex – Festival de Curtas-Metragens de Sintra (Competição Nacional) | Sintra, Portugal
Cinéma du réel festival international du film documentaire (Sélection internationale) | Paris, França
Helsinki International Film Festival – Love & Anarchy | Helsínquia, Finlândia
Desobedoc – Mostra de Cinema Insubmisso | Porto, Portugal

2017
Frames – Portuguese Film Festival (Social Tales) | Göteborg, Suécia
Cinemateca Portuguesa (Cinema Português: Novos Olhares –I) | Lisboa, Portugal

O Indispensável Treino da Vagueza

Filipa Reis e João Miller Guerra

“Fazer chegar um novo através de coisas que não são exactamente novas.”

Manuel Castro Caldas

O Ar.Co é uma geografia de cada um, foge à normalização. A experiência é individual. Este filme é a minha, a nossa experiência. Construído a partir do arquivo da escola, de aulas gravadas de Manuel Castro Caldas e de conversas caseiras.

João Miller Guerra

2014 | doc experimental | 45' I HD
ESTREIA MUNDIAL: DOCLISBOA

Poster
Realização: Filipa Reis e João Miller Guerra
Montagem: Tomás Baltazar
Pós-Produção de Som: Carlos Abreu
Correcção de Cor: Andreia Bertini
Produtora: Filipa Reis
Produção: Uma Pedra no Sapato
Em parceria com: Ingreme
Uma encomenda: Ar.Co - Centro de Arte e Comunicação Visual

Exibições

2014
Doclisboa Festival Internacional de Cinema (Competição Portuguesa) | Lisboa, Portugal
Cinemateca Portuguesa (Ante-Estreia) | Lisboa, Portugal

2015
PANORAMA – Mostra do documentário Português | Lisboa, Portugal
Caminhos do Cinema Português (Selecção Caminhos) | Coimbra, Portugal
Festival de Cinema de Odemira | Odemira, Portugal

As cidades e as trocas

Luísa Homem e Pedro Pinho

Em 2008, no limiar da crise económica que se instalou depois, num arquipélago atlântico ao largo de África ocidental, a utilização intensiva de areia para construção de hotéis e resorts ameaça a existência das praias locais - a principal fonte de atração da florescente indústria turística. Ali ao lado, numa capital costeira em pleno deserto do Sahara, os homens de negócios agitam-se com a possibilidade de exportar o seu recurso mais abundante. Inicia-se então um triângulo comercial que se completa com a exploração de brita vulcânica e com a transferência maciça de solo de um lugar ao outro, através do oceano. O filme As Cidades e as Trocas procura fazer um registo silencioso da chegada de uma economia de escala, dos seus fluxos e dos seus efeitos na transformação da paisagem física e humana de uma ilha.

2014 | doc | 138' I 16mm
ESTREIA MUNDIAL: FIDMARSEILLE

Poster
Realização, Fotografia e Montagem: Luísa Homem, Pedro Pinho
Som: Raquel Marques, Rita Hermínio
Mistura de Som: Miguel Martins
Correcção de Cor: Andreia Bertini
Produção: Leonor Noivo, Joana Gusmão, João Matos, Filipa Reis, Rita Hermínio, Inês Luz
Produção: Terratreme Filmes, Uma Pedra no Sapato
Distribuição: Terratreme Filmes

Prémios

Coup de coeur du Jury | Festival International du Film Insulaire de l’Île de Groix

Exibições

2014
FIDMarseille – Marseille International Film Festival (Compétition internationale) | Marselha, França
BAFICI – Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente | Buenos Aires, Argentina
Cabo Verde International Film Festival | Ilha do Sal, Cabo Verde
Doclisboa Festival Internacional de Cinema (Competição Portuguesa) | Lisboa, Portugal
Festival dei Popoli – Festival Internazionale del Film Documentario (Concorso Internazionale) | Florença, Itália
Plateau–Festival Internacional de Cinema (Competição) | Praia, Cabo Verde
Porto/Post/Doc: Film & Media Festival (Há Filmes na Baixa) | Porto, Portugal

2015
Festival Filmer le travail (Compétition) | Poitiers, França
Art of the Real – Film at Lincoln Center | Nova Iorque, EUA
Queen Mary, University of London & Instituto Camões | Londres, Reino Unido
ethnocineca – International Documentary Film Festival Vienna | Viena, Áustria
Festival Filmer à tout prix (International full-lenght competition) | Bruxelas, Bélgica
Festival Internacional de Cinema da Fronteira | Bagé, Brasil
Caminhos do Cinema Português (Selecção Caminhos) | Coimbra, Portugal
DocSS –Festival Internazionale del Cinema Urbano (Concorso) | Sassari, Itália
Extensão Doclisboa Festival Internacional de Cinemaem Macau | Macau, China

2016
Dokumentarfilmwoche Damburg | Hamburgo, Alemanha
MEDIAWAVE International Film and Music Gathering – Szombathely, Hungria
Festival de cine africano Tarifa/Tánger FCAT | Sevilha, Espanha

2017
Festival International du Film Insulaire de l’Île de Groix (Les Petites Antilles) | Groix, França

2018
Cine Lusco Fusco – Consulado Geral de Portugal em São Paulo | São Paulo, Brasil

Fragmentos de uma Observação Participativa

Filipa Reis e João Miller Guerra

Enquanto analisa os outros, Paula é também observada.
"- Sabe qual é a diferença entre encalhada e solteirona? É que encalhada não tem opção."

2013 | doc | 32' I HD
ESTREIA MUNDIAL: INDIELISBOA

Poster
Com: Paula C. Togni, Monique Montenegro, Verônica Silva

Realização:
Filipa Reis e João Miller Guerra
Argumento: Pedro Pinho
Imagem: Vasco Viana
Som: Rúben Costa
Montagem: Filipa Reis e João Miller Guerra
Colorista: Andreia Bertini
Mistura de Som: Hugo Leitão
Produção: Marta Lança
Secretariado de Produção: Raquel Morte
Produtora: Filipa Reis
Produção: Vende-se Filmes
Financiamento: RTP2

Exibições

2013
IndieLisboa - Festival Internacional de Cinema (Competição Nacional de Curtas-Metragens) | Lisboa, Portugal
Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira (Competição Nacional de Curtas-Metragens) | Santa Maria da Feira, Portugal
Ciclo de Cinema “(E) ou (I) migrar : uma viagem cinematográfica #1 Terra Estrangeira” no Centro InterculturaCidade | Lisboa, Portugal

Um Fim do Mundo

Pedro Pinho

Um dia na praia, antes das férias de Verão. Uma rapariga acabada de chegar que provoca curiosidade. um rumor. Um desses dias que não acabam. Uma falha no sistema de distribuição de electricidade - um apagão - talvez se trate de um acidente, talvez seja só um pretexto para passar uma noite juntos.

2013 | fic | 63' I HD
ESTREIA MUNDIAL: BERLINALE

Poster
Com: Iara Teixeira, Eva Santos, Manuel Gomes, Indalécio Gomes
Realização: Pedro Pinho
Imagem: Vasco Viana, Pedro Pinho
Som: João Gazua
Montagem: Luísa Homem
Colorista: Andreia Bertini
Montagem e Misturas de Som: Tiago Matos
Direcção de Produção: Daniela Soares
Produtoras: Filipa Reis, Leonor Noivo
Produção: Vende-se Filmes, Terratreme
Financiamento: C. M. de Setúbal, POR Lisboa, QREN, Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, ICA

Prémios

Prémio D. Quixote para o Realizador | Caminhos do Cinema Português
Prémio Melhor Fotografia | Caminhos do Cinema Português Nomeado para Melhor Filme | Globos de Ouro 2014

Exibições

2013
Berlinale – Berlin International Film Festival (Generation 14Plus) | Berlim, Alemanha
IndieLisboa - Festival Internacional de Cinema (Competição Nacional de Longas-Metragens, Cinema Emergente) | Lisboa, Portugal
Moscow International Film Festival (Portugal Euphoria) | Moscovo, Rússia
Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba (Competitiva Internacional de Longas-Metragens) | Curitiba, Brasil
FEST – New Directors/New Films Festival (Novo Cinema) | Espinho, Portugal
FESTROIA – Festival Internacional de Cinema (Cinema Português) | Setúbal, Portugal
Seoul International Youth Film Festival (Teen’s Eye) | Seul, Coreia do Sul
BorDocs – Tijuana Foro Documental | Tijuana, México
Festival do Rio (Mostra Expectativa) | Rio de Janeiro, Brasil
Seattle Latino Film Festival | Seattle, EUA
Minsk International Film Festival "Listapad" (Youth on the March) | Minsk, Bielorrússia
(Com) Vivências – Centro Cultural de Cascais | Cascais, Portugal
Semana de Cine Portugués | Buenos Aires, Argentina

2014
CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela (Competição Internacional de Longas-Metragens) | Seia, Portugal
Caminhos do Cinema Português (Youth In Revolt) | Coimbra, Portugal
European Union Film Festival | Hong Kong, China
Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay (Competencia de largometrajes nuevos realizadores) | Montevideo, Uruguai

2015
Inquietudo – Festival de Cinema de Língua Portuguesa | Viena, Áustria
Ciclo de Cinema Documental “Linhas de Fuga, Fragmentos de uma outra Lisboa”, Padaria do Povo | Lisboa, Portugal
DocSS - Festival Internazionale del Cinema Urbano (Programma IndieLisboa) | Sassari, Itália

2017
Meetings of Young European Cinema | Sofia, Bulgária
Frames - Portuguese Film Festival (Social Tales) | Göteborg, Suécia
Close-Up – Observatório de Cinema “Infância e Juventude”, Casa das Artes | Vila Nova de Famalicão, Portugal

2018
Overnight Film Festival | Eastbourne, Reino Unido

Bela Vista

Filipa Reis e João Miller Guerra

BELA. Aprazível, deleitosa, amena. Perfeita para o fim a que se destina. Satisfaz cabalmente os nossos desejos ou prazeres. Escolhida, distinta. Nobre, generosa. Certa. Ideal da beleza.

VISTA. Acto ou efeito de ver. Tudo o que a vista alcança desde um lugar. O aspecto do que se vê. Representação de um lugar pela pintura, pela gravura, pela fotografia, etc. Presença. Maneira de ver, de encarar uma questão. Janela, abertura, por onde se pode ver o exterior. Olho.

BELA VISTA. Bairro, cidade Setúbal, distrito Setúbal.

2012 | doc | 30' I HD
ESTREIA MUNDIAL: DOCLISBOA

Poster
Realização: Filipa Reis e João Miller Guerra
Argumento: Filipa Reis, João Miller Guerra e Pedro Pinho Imagem: Vasco Viana
Som: João Gazua
Montagem: Filipe Jorge
Consultora de Montagem: Luísa Homem
Colorista: Andreia Bertini
Montagem de Som: Ruben Costa
Mistura de Som: Branko Neskov
Produção: Daniela Soares
Produtora: Filipa Reis
Produção: Vende-se Filmes
Financiamento: C. M. de Setúbal, POR Lisboa, QREN, Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

Prémios

Mejor Cortometraje de la Competencia Internacional | FIDOCS – Festival Internacional deDocumentales en Santiago
Mención Honorifíca | MiradasDoc – Festival Internacional de Cine Documental de Guía de Isora

Exibições

2012
Doclisboa Festival Internacional de Cinema (Competição Portuguesa de Curtas-Metragens) | Lisboa, Portugal
Extensão Doclisboa Festival Internacional de Cinemaem Cabo Verde | Praia, Cabo Verde

2013
FIDOCS – Festival Internacional de Documentales en Santiago (Competencia Internacional) | Santiago, Chile
FESTROIA – Festival Internacional de Cinema (Cinema Português) | Setúbal, Portugal
MiradasDoc – Festival Internacional de Cine Documental de Guía de Isora (Concurso Internacional) | Tenerife, Espanha
FIDBA – Festival Internacional de Cine Documental de Buenos Aires (Competencia Oficial de Cortometrajes | Buenos Aires, Argentina
Extensão Doclisboa Festival Internacional de Cinemaem Cabo Verde | Praia, Cabo Verde

2014
ethnocineca – International Documentary Film Festival Vienna (Filme Im Programm) | Viena, Áustria
Ekotopfilm - International Festival of Sustainable Development Films (Sustainability and Us) | Bratislava, Eslováquia
Arquiteturas Film Festival | Lisboa, Portugal

2015
Mostra do Cinema Português – Instituto Camões | Cáceres, Espanha

2016
Milano Design Film Festival/Festival on Festival – XXI Triennale di Milano International Exhibition (Arquitecturas Film Festival Lisboa) | Milão, Itália

2017
Frames – Portuguese Film Festival (Social Tales) | Göteborg, Suécia

Cama de Gato

Filipa Reis e João Miller Guerra

“As coisas acontecem, sucedem e a gente aproveita ou não. Há um jogo de meninos que, em Portugal, se chama cama de gato: os meninos atam um cordel em círculo, depois fazem assim com a mão, vem outro e faz uma complicação qualquer, mete o dedo faz outra complicação, vem outro ainda e quanto aos dedos faz assim e tira, e forma outra figura. Este jogo chama-se cama de gato. Então, eu acho que na vida o que há, é um jogo perpétuo de crianças com a cama de gato, que a vida vem de vez em quando e apresenta-nos o problema, olhamos e vemos como é que havemos de tirar, depois metemos os dedos, fazemos assim e sai outra coisa. É que toda a nossa habilidade é tornar a ser crianças para ver como é que sai a cama de gato.”
Agostinho da Silva

2012 | doc | 57' I HD
ESTREIA INTERNACIONAL: IDFA

Poster
Com: Joana Santos

Realização: Filipa Reis e João Miller Guerra
Argumento: Pedro Pinho
Imagem: Vasco Viana
Som: João Gazua
Montagem: Filipa Reis e João Miller Guerra
Consultora de Montagem: Luísa Homem
Colorista: Andreia Bertini
Montagem de Som: Ruben Costa
Mistura de Som: Branko Neskov
Produção: Daniela Soares
Produtora: Filipa Reis
Produção: Vende-se Filmes
Financiamento: C. M. de Setúbal, POR Lisboa, QREN, Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

Prémios

Prémio de Melhor Curta-Metragem Portuguesa | IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema 
Prémio Revelação | Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira

Exibições

2012
IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema (Competição Nacional e Internacional de Curtas-Metragens, Cinema Emergente) | Lisboa, Portugal
Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira | Santa Maria da Feira, Portugal
FESTROIA – Festival Internacional de Cinema (Cinema Português) | Setúbal, Portugal
IDFA - International Documentary Film Festival (Reflecting Images Panorama) | Amesterdão, Holanda
Festival dei Popoli – Festival Internazionale del Film Documentario (Concorso Internazionale) | Florença, Itália
FORUMDOC.BH – Festival do filme documentário e etnográfico, Fórum de Atropologia e Cinema| (Mostra Competitiva Internacional) | Belo Horizonte, Brasil

2013
Black Movie Film Festival (Tous Les Garçons S’Appellent João) | Genebra, Suíça
Santander Cultural – Mostra de Cinema Português Contemporâneo | Porto Alegre, Brasil
Shortcutz Lisboa | Lisboa, Portugal
Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba (Competitiva Internacional de Longas-Metragens) | Curitiba, Brasil
BorDocs – Tijuana Foro Documental (Competencia de largometrajes internacionalesIbero-Americanas) | Tijuana, México
The Portuguese Conspiracy (IndieLisboa Film Festival London Sessions) | Londres, Reino Unido
Festival Traces de Vies – Festival de Cinéma Documentaire | Clermond-Ferrand, França
Doxs! Documentaries for children and youth (European Film Prize Grosse Klappe) | Duisburg, Alemanha
Kino Muranow – Mostra Kino.pt – Instituto Camões na Polónia | Varsóvia, Polónia
VI Semana dos Realizadores (Secção IndieLisboa) | Rio de Janeiro, Brasil

2017
Frames - Portuguese Film Festival (Social Tales) | Göteborg, Suécia
Cinemateca Portuguesa (Cinema Português: Novos Olhares - I) | Lisboa, Portugal
Close-Up – Observatório de Cinema “Infância e Juventude”, Casa das Artes | Vila Nova de Famalicão, Portugal

2018
IberoDocs – Ibero-American Documentary Film Festival Scotland | Glasgow, Escócia

Orquestra Geração

Filipa Reis e João Miller Guerra

Ana, Daniel, Diogo, Marco e Mónica participam em Orquestra Geração, entregando-se a um projecto que rompe o contexto formatado da escola pública, tornando-se num apoio imprescindível à sua vida. Partindo de aulas de expressão dramática descobrimos os seus sonhos, a sua relação com a música e o seu sentimento de verdadeira pertença a um grupo.

2011 | doc | 63' I HD
INTERNATIONAL PREMIERE: CINÉMA DU RÉEL

Poster
Com: Diogo Dias, Ana Hespanha, Ionut Daniel Tofanesco, Monica Tofanesco, Rita Loureiro, Juan Maggioranni, Osvaldo Ferreira, Marco Lima, Hugo Dias

Realização e Argumento: Filipa Reis e João Miller Guerra
Imagem: Vasco Viana
Som: João Gazua
Montagem: Mariana Gaivão
Colorista: Andreia Bertini
Mistura de Som: Branko Neskov
Produtora: Filipa Reis
Produção: Vende-se Filmes
Financiamento: RTP2, Fundação Calouste Gulbenkian

Exibições

2012
Cinéma du réel festival international du film documentaire (Sélection internationale) | Paris, França
Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira | Santa Maria da Feira, Portugal
FUMO – Festival Urbano de Música e Outras Coisas | Setúbal, Portugal
Pärnu International Documentary and Anthropology Film Festival | Pärnu, Estónia
Festival de Cinema Avanca – Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo E Multimédia | Avanca, Portugal
Doclisboa Festival Internacional de Cinema (Competição Portuguesa de Médias e Longas-Metragens) | Lisboa, Portugal
MOVICA – Mostra de Vídeo e Cinema Africano | Porto, Portugal
Caminhos do Cinema Português (Competição de Documentário) | Coimbra, Portugal

2017
Sole Luna alla Biennale Arcipelago Mediterraneo (Programma Bam) | Palermo, Itália

Li Ké Terra

Filipa Reis, João Miller Guerra e Nuno Baptista

Li Ké Terra (“A nossa terra”) narra a história de Miguel e Rúben, descendentes de imigrantes Cabo Verdianos que vivem em Portugal sem documentação. Dois jovens divididos entre a vontade de serem portugueses de pleno direito e as barreiras que encontram no seu dia-a-dia. Com um orgulho estóico, sonham com o futuro deixando transparecer as suas aspirações por uma vida melhor.

Miguel e Rúben levam-nos a uma interrogação: qual é a identidade do apátrida?

2010 | doc | 65' I HD
INTERNATIONAL PREMIERE: CINÉMA DU RÉEL

Poster
Com: Miguel Moreira e Rúben Furtado

Realização: Filipa Reis, João Miller Guerra e Nuno Baptista
Argumento: Filipa Reis
Imagem: João Pedro Plácido
Som: Rúben Costa
Montagem: Nuno Baptista
Produção: Pedro & Branko
Produção executiva: Vende-se Filmes
Co-produção: DOCTV-CPLP, Pedro & Branko e Filipa Reis
Financiamento: DOCTV-CPLP

Prémios

Grande Prémio CGD para Melhor longa metragem portuguesa | Doclisboa Festival Internacional de Cinema
Prémio Escolas | Doclisboa Festival Internacional de Cinema Mención Honorifíca | MiradasDoc – Festival Internacional de Cine Documental de Guía de Isora

Exibições

2010
Doclisboa Festival Internacional de Cinema (Competição Portuguesa de Médias e Longas-Metragens) | Lisboa, Portugal

2011
Cinéma du réel festival international du film documentaire (Sélection internationale) | Paris, França
PANORAMA – Mostra do documentário Português | Lisboa, Portugal
Krakow Film Festival (Festival Award Winners) | Cracóvia, Polónia
DOK.FEST MUNCHEN – International Documentary Film Festival (DOK.International) | Munique, Alemanha
Mediawave International Film and Music Festival (Competição Internacional) | Szombathely, Hungria
DOCKANEMA – Festival do Filme Documentário | Maputo, Moçambique
CINEMIGRANTE – Festival Internacional de Cine y Formacion em Derechos Humanos de Las Personas Migrantes (Migrantes y Derechos Humanose) | Buenos Aires, Argentina
MOVICA – Mostra de Vídeo e Cinema Africano | Porto, Portugal
MiradasDoc – Festival Internacional de Cine Documental de Guía de Isora (Concurso Internacional) | Tenerife, Espanha
Pravo Ljudski Film Festival (Zoom Rights Youth Programme) | Sarajevo, Bósnia e Herzgovina
Sottodiciotto Film Festival (Da questa parte del mare/Voci e immagini dei giovani migranti) | Turim, Itália

2012
Cinesul Iber-American Film and Video Festival (Viagens e Fronteiras) | Rio de Janeiro, Brasil
Culture Unplugged (We Speak Here) | Online Festival
Festival ImigrArte (Migrações e Fronteiras) | Lisboa, Portugal

2013
Black Movie Film Festival (Tous Les Garçons S’Appellent João) | Genebra, Suíça
Extrema’doc Cine Documental | Cáceres, Espanha
Plateau – Festival Internacional de Cinema (Filme de Abertura) | Praia, Cabo Verde
Close-Up – Observatório de Cinema “Infância e Juventude”, Casa das Artes | Vila Nova de Famalicão, Portugal

Maputo Dancing Dump

Marco Pasquini

Suares, líder do grupo e bailarino hábil, apresenta-nos aos seus amigos e introduz-nos no mundo da lixeira do bairro de Hulene, em Maputo, capital de Moçambique. Enquanto cozinham em grandes latas de lixo, explicam-nos como organizam o trabalho e como estabelecem as hierarquias e a microeconomia deste lugar. Um cenário longe de ser desolador, sobretudo quando, no meio do lixo, improvisam coreografias de dança.

Documentário, 52’, Itália/Portugal, 2010
ESTREIA MUNDIAL: DOK LEIPZIG

Realização: Marco Pasquini
Autoria: Roberto Galante
Produção: Federico Schiari-Suttvuess (IT)
Co-Produção: Filipa Reis | Vende-se Filmes (PT)
Financiadores: RAI (IT) e RTP2 (PT)

Exibições

2010
DOK LEIPZIG – Festival Internacional de Cinema Documental e Animação (International Competition) | Leipzig, Alemanha DOCKANEMA – Festival do Filme Documentário (Ritmos Urbanos) | Maputo, Mozambique

2011
RISING STARS – Itinerant Cinema in Egypt | Cairo, Egipto

2012
MOVICA – Mostra de Vídeo e Cinema Africano | Porto, Portugal
Vende-se Filmes
Download